Data do artigo

10 de abril de 2020

Você sabe como surgiu o ballet?

Que atire a primeira pedra aquela menina que nunca quis ser bailarina quando criança. O ballet, essa dança antiga, ao mesmo tempo delicada e forte,...


Você sabe como surgiu o ballet?

Que atire a primeira pedra aquela menina que nunca quis ser bailarina quando criança. O ballet, essa dança antiga, ao mesmo tempo delicada e forte, existe desde o século 16.Vamos conhecer um pouco mais dessa história.


O ballet clássico surgiu nas cortes italianas no século 16. O termo italiano balletto, que significa “dancinha, bailinho” deu origem a palavra francesa ballet. A dança surgiu durante o período renascentista, era apresentado em festas aristocráticas para entretenimento da nobreza. O primeiro espetáculo de ballet da história aconteceu em 1581, ele durava mais de cinco horas e era bem diferente do que conhecemos hoje: havia falas, poesia, canto e uma orquestra musical.


Passou a ganhar maior destaque no século 17 durante o reinado de Luís XIV. O rei era apaixonado pela dança, ele também era bailarino. O rei participou de um espetáculo chamado “O Ballet Noturno da Realeza” onde  fez o papel de luz fertilizando a terra, assim ganhou o apelido de Rei Sol.


O ballet foi se aperfeiçoando, ficando cada vez com menos falas e mais danças. As apresentações passaram a sair dos palácios e ir para os teatros. Não somente a aristocracia tinha acesso a ele, mas os ricos em geral passaram a ter. Assim começou a surgir o teatro profissional. O rei Luís, em 1661 instalou a primeira escola de dança do mundo: Académie Royale de Danse. Ela ficava em uma das salas do Museu do Louvre. Em 1669 é fundada a Académie Royale de Musique, e Jean-Baptist Lully, o bailarino predileto do rei e que compôs diversos ballets para ele, foi nomeado diretor da escola.


Lully criou uma academia de dança dentro da própria academia de música: o Ballet da Ópera de Paris, a mais antiga companhia profissional de dança do mundo. Ela existe até hoje.


 Ballet no século XIX


A partir do século 19 o ballet passou a ter os moldes que conhecemos hoje. Nessa época as mulheres passaram a ter maior destaque e a dança “na ponta dos dedos” começou a ser explorada. Com o aperfeiçoamento da dança na sapatilha de pontas, as mulheres bailarinas ficaram mais populares que os bailarinos homens. Em 1841 foi apresentado o famoso ballet “Giselle”, que é reproduzido até os dias atuais. Em 1877 é criado o ballet La Bayadére com a primeira versão do Lago dos Cisnes, de Tchaikovsky.


Ballet nos dias atuais


O ballet é uma dança influente a nível mundial. É um gênero de dança muito difícil de dominar e requer muita prática e ensaios árduos. Atualmente existem outras modalidades dessa dança. Além do clássico: neoclássico, contemporâneo, balé expressionista e no Brasil surgiu até mesmo o Balé Fitness.


Atualmente vem se tentando quebrar o tabu de ballet é coisa de menina, como se vê a dança surgiu através dos homens. As escolas oferecem turmas desde baby-class, para crianças pequenas, até turmas de ballet adulto. Ou seja, para dançar basta querer. Ainda dá tempo de correr atrás daquele seu sonho de infância!


Você conhecia essa história? Tem vontade de fazer ballet? Conta pra nós!


Fonte: Tricurioso

veja mais publicações

Ballet na Infância e sua importância!

Você sabia que iniciar o ballet clássico na infância produz benefícios para toda vida?Isso, o ballet ajuda no desenvolvimento motor, no...

5 Dicas para tornar seu mês incrível!

Um novo mês se inicia, e com ele a oportunidade de fazê-lo um ótimo mês!!Então estamos trazendo essas 5 dicas para deixar você [email protected] no seu...

Dançar: Arte ou Esporte?

Assunto sempre presente nos debates, a dúvida se a dança é uma arte ou um esporte divide opiniões.?A dança é uma das três principais artes...